Image Map

16 de setembro de 2014

Texto: O amigo


"Nossa, quanto tempo que a gente não se vê!" - Disse ele, sorrindo como se nada tivesse acontecido. 

É engraçado reencontrar o grande amor da sua vida, te vem a memória todos os momentos que vocês tiveram e com ele todas as emoções que vocês sentiram também. A vida é uma roda gigante, já diz o ditado! Eu não imaginaria a um ano atrás que eu o veria do jeito que ele está hoje, mais gordo, mais sem juízo e com uma namoradinha com cara de piriguete. 

"Verdade! E aí? Como anda a vida?" - Retribui o sorriso de forma simpática, do jeitinho que ele me conheceu. 

Passamos um bom tempo contando tudo o que aconteceu em nossas vidas durante esse longo um ano que não nos falamos. Contei que sai do meu antigo emprego em busca de um melhor, que faltam dois períodos para concluir minha faculdade, enfim, coisas que realmente agregam valor a um ser humano maduro. E o que ele disse? Apenas de voltou do seu intercâmbio, que continua estudando e ainda teve a ousadia de perguntar porque não deu certo o meu breve relacionamento com um outro cara. É sério que ele está tentando ser meu melhor amigo? Ele acha mesmo que nós somos só amigos? Bitch, please!

"Vi que você se mudou aqui pra perto agora. Que tal reunirmos nossos amigos e sairmos para beber uma cerveja e dar umas gargalhadas." - Ele disse na maior cara de pau 
"Como nos velhos tempos? Não é?" - Eu disse, sorrindo de maneira irônica. 
"É claro!" - O meu mais novo melhor amigo de infância sorriu com um brilho de empolgação nos olhos. 

E a namorada dele? Será que ela não percebe que ele acompanha a minha vida pelas redes sociais? Será que ele sabe que existiu uma história mega cheia de emoções e complicações por trás do "Ela é só uma amiga"

Eu simplesmente nunca soube explicar o que sentia sinto por ele. Apesar dele ser um playboy totalmente sem juízo, é incontextável que quando ele liga o modo maduro, ele sabe ter um bom papo. É incrível o fato de me sentir surpresa do o como somos parecidos em vários aspectos sendo ao mesmo tempo tão diferentes. Eu realmente gostaria de conseguir falar tudo o que eu sinto quando vejo uma foto nova dele com a namoradinha (porque eu me recuso a chamar aquilo de namorada).

"Seu idiota! Você não percebe que ela é uma piriguete? Que é por isso que você a leva para todos os cantos que você quiser? Pare de dar flores a ela, ela não merece nem metade das coisas que você faz por ela. Será que você não percebe que procura a mim nela o tempo todo?" 

Mas eu me calo. Guardo comigo todas as minhas inúmeras opiniões e viro apenas a boa amiga, aquela que dá conselhos sérios e que também sabe fazer o amigo dar gargalhada. Ao virar as costas e ir embora, percebi que aquela história não tinha acabado. Nunca conseguiríamos ser apenas bons amigos, sempre ia haver uma preocupação recíproca... O que vai acontecer? Não sei. Ele sabe onde me procurar, tem meu endereço, meu telefone e me readicionou nas redes sociais que eu o tinha excluído, então, o dia que ele cansar de brincar de ser um eterno adolescente, eu estarei aqui. Mas espero que não seja tarde demais. Afinal, o amor próprio vem acima de tudo e nunca sabemos quais são as surpresas que o destino nos reserva.

11 de setembro de 2014

Adeus, gafes!

Quem nunca ficou em dúvida na hora de falar o nome de grife com nome francês ou italiano e sem querer a pronunciou de maneira errada sem saber? Pois seus problemas acabaram, amigas! 

O dono do tumblr #comofala dá uma mãozinha para nós pararmos de cometer esses erros que são considerados terríveis para os amantes da moda. Nele, você vê imagens com o nome das marcas da maneira em que elas são faladas, não é incrível?!  Afinal, se fala Sefora ou Sêforrá?  Esse e outros exemplos vocês vão ver aqui a seguir... 






Lá você também vai encontrar outras marcas além das do mundo da moda. Você pode acompanhar ir aprendendo no seu dia a dia curtindo a página dele no facebook (clique aqui)

E ai, gostou? Qual marca vocês tinham mais dúvida na hora de pronunciar?



7 de setembro de 2014

Trend: A volta das "Xuxinhas"

Não é de hoje que as famosas estão ressuscitando tendências. E dessa vez não está sendo diferente. Com o clima quente lá no hemisfério norte, as Scrunchies ou as nossas tão badaladas "xuxinhas" que bombaram na década de 90, estão fazendo a cabeça de Miley Cyrus, Selena Gomes, Katy Perry e outras que ama causar. 

A releitura dos elásticos de tecido para os dias de hoje fica por conta de grifes como Louis Vuitton, Chanel e Rag&Bone. Mas não precisa se desesperar, lojas mais acessíveis como a Urban Outfitters, Topshop e Asos, já colocaram o acessório nas prateleiras. 

Vamos ver quem mais está adorando essa ideia?

Maria Casadevall é a nossa representante brasileira nessa. E ai, será que com toda influência fashion dela, essa tendência chega aqui? E que comecem as apostas!